Skip to main content
Uncategorized

Lições de Marketing que tiramos de GOT

By dezembro 8, 2017janeiro 24th, 2020No Comments

Inspiração e influência. Duas palavras que fazem parte do cotidiano de um publicitário.

E é disso que esse post se trata.

De como deixamos de olhar, para ver.

A série Game of Thrones – já considerada uma das maiores da história – além de ótimo entretenimento, carrega um enredo repleto de valiosos ensinamentos para qualquer um que se aventure no mundo dos negócios.

Dentre as centenas deles, listamos 5.

  1. Sua reputação vale ouro!
    Jon Snow é sinônimo de integridade e justiça. Seus homens o amam e seus inimigos o respeitam. Sua jornada rumo ao trono, mesmo que cheia de obstáculos, foi coesa. Jon entregava o que prometia. E assim não deveria ser com a sua empresa? A reputação de Jon Snow é baseada na ideia de que se trata de um rapaz justo. E o que Jon nos entrega? Justiça, sempre! E por isso a construção de uma marca marca sólida é o pilar para uma empresa duradoura. Sempre que fizer uma promessa, entregue-a. Em um mundo de Lannisters e Freys, uma reputação vale ouro!
  2. Tome decisões baseadas em suas crenças.
    Você pode até não concordar com algumas das ações tomadas por Ned Stark (RIP), mas entende todos os motivos pelos quais as decisões foram tomadas. As pessoas o reconhecem e o admiram por seus valores e filosofia de vida. Nosso querido ex-rei do Norte – sem spoilers – não se deixava levar por interesses pessoais e familiares. Eddard fazia o que devia ser feito para o bem comum. Por isso, tenha sempre uma cultura organizacional que favoreça a todos, com crenças e valores que lhe darão um norte para a tomada de decisões. Dessa forma, seu nome será lembrado pra sempre.
  3. Símbolos são importantes.
    Daenerys Targaryen, Filha da Tormenta, a Não Queimada, Mãe de Dragões, Rainha de Mereen, Rainha dos Ândalos e dos Primeiros Homens, Senhora dos Sete Reinos, Khaleesi dos Dothraki, a Primeira de Seu Nome. Precisa dizer mais? Daenerys construiu uma imagem que a torna irresistível. Sua trajetória vencedora – mesmo que ainda desconhecida em Westeros – potencializou um sobrenome antigo. Seus feitos eram reverenciados e sua reputação vencedora já era conhecida mesmo antes de chegar a seu objetivo. Quer saber o resultado? Daenerys se tornou um símbolo. Seus seguidores compram sua ideia por si mesmos, e não por ela. Agora imagine o seu negócio. Qual o significado da sua marca? Quando as pessoas pensam em você, o que as vem a cabeça? No final das contas, as pessoas compram o porquê você faz, não o que você faz.
  4. Adapte-se às mudanças
    Assim como em Game of Thrones, o atual cenário político/financeiro muda rapidamente. Casamentos que acabam em carnificina, festas que terminam em envenenamento. Na série televisiva, vale tudo. No mundo real, como evitar? Adaptando-se. Arya Stark nos nos mostrou como a evolução de um personagem pode se pautar nas mudanças, mas sempre com um objetivo em mente. Já abriu o seu website pelo celular? Como está sua empresa nas redes sociais? Sua organização interna está adequada? Ou melhor, seu negócio está apto a entrar na guerra pelo trono?
  5. Tenha um diferencial
    Quais as melhores armas para mostrar o porque seu produto/serviço é especial? Na série, diferentemente dos rivais que possuem “apenas” o dinheiro, Daenerys possui dragões! E, acima de tudo, ela os coloca em evidência como maneira de se diferenciar dos concorrentes e, muito por causa disso, faz sucesso por onde passa. Seu diferencial já a ajudou a conquistar um exército, muitos aliados e – quem sabe – um trono. Quando bem explorados, diferenciais competitivos tornam a sua marca única. Por isso, busque características que lhe deixem distinto de seus competidores. Após isso, acredite nele, crie uma filosofia, entregue, crie um significado.

E ah, mesmo após a implementação de todos os 5 ensinamentos acima, ninguém vai lhe dar o trono de graça, você vai ter que lutar por ele!

O inverno já chegou e todos estão se mexendo.

De qual lado sua empresa estará?